A vilania do contorno

Contorno na maquiagem não foi uma moda à qual eu aderi logo no seu início. Digo até que eu relutei durante alguns anos antes de me render a ele. Aliás, esse comportamento é típico meu. Por ter um olhar meio cético diante das “tendências” (curioso como até esse nome já saiu de moda), eu primeiro as observo, avalio, e só uma vez convencida de que vale a pena experimentar, eu parto para comprar o primeiro produto e fazer os primeiros testes.

Quando as emblemáticas fotos de Kim Kardashian com o rosto mapeado em maquiagem clara e escura por seu maquiador Mario Dedivanovic correram a internet em 2014,  mulheres, maquiadores e marcas correram para adotar aquela nova moda. Já eu dava de ombros… “Pra que isso tudo?”, “que exagero!” e seguia sem alterar a minha maquiagem.

maxresdefault (1)

Kim Kardashian e as fotos que popularizaram o contorno, rendendo ao seu maquiador Mario D. o título de “rei o contorno”

O tempo passou, mas a moda do contorno não passava. Alí eu comecei a ficar preocupada: pessoas com manchas alaranjadas e acinzentadas em seus rostos começaram a brotar que nem capim. Todo nariz era afinado. Quando não, carregava uma barra marrom em cada lateral. Toda bochecha era cavada, toda testa encurtada…

As mais tolerantes ao uso de maquiagem passaram a amar o efeito do contorno, enquanto que as do clube do “menos é mais” (inclusive essa que vos fala) passaram a criticar a técnica. Nesse momento houve um racha: de um lado as que diziam que contorno era um ótimo recurso para disfarçar defeitinhos e realçar a beleza enquanto que outras criticavam o uso do contorno para enquadrar todo rosto num padrão de beleza inatingível. E apesar dos dois lados terem sua razão, parecia impossível chegar a um acordo.

Meu filho caçula tinha 3 meses de idade quando eu voltei a atender minhas clientes em meados de 2016 mas, por ter ficado bastante tempo parada, sentia a mão travada… Isso acontece comigo sempre que passo longos períodos sem atender, e o tratamento mais eficiente pra mim é fazer um curso intensivo com algum profissional cujo estilo de maquiagem seja totalmente diferente do meu, pra dar uma chacoalhada e soltar a mão. Foi então que eu fiz o curso com Helder Marucci no final de 2016 e, cá pra nós, que chacoalhada boa eu levei! Fiz uma maquiagem com contorno a la Kim Kardashian e perdi o medo da técnica.

IMG_8775

Eu maquiando no curso de Helder: tive que usar base escura como contorno porque não tinha nenhum produto específico para esse fim no meu kit

De lá pra cá, depois de muitas tentativas e erros, encontrei a MINHA forma de fazer contorno e, justamente por ter uma mão mais leve e passar longe das manchas alaranjadas / acinzentadas, eu cheguei a uma conclusão: o contorno é uma técnica maravilhosa e indispensável em praticamente todos os meus atendimentos!

Pois é, quem diria! E o que me levou a mudar de ideia? Hoje, com o assunto mais amadurecido, eu consigo explicar: existe diferentes formas de se fazer contorno, da mais sutil à mais intensa. Só que quando a moda estourou, parecia só haver uma: a de Kim Kardashian. Só com o tempo novas técnicas e novos produtos foram surgindo para atender as preferências de cada pessoa. E no meu caso, eu gosto de um contorno de definição, não tanto de transformação. E acredite: existe uma grande diferença entre os dois.

Contorno de transformação, como o nome sugere, altera as proporções do rosto para alcançar um objetivo de maior harmonia, portanto, é mais intenso. Tão intenso que, ao menor deslize, a pessoa não irá se reconhecer diante do espelho. No entanto, não se sinta culpada se você quiser parecer ter uma bochecha mais magra, um nariz mais fino ou uma testa menor. Se você fizer isso por uma vontade sua, maravilha, mas cuidado se a sua real motivação for agradar o outro / a sociedade. Quero sempre que a maquiagem reforce a sua autoestima, e não a diminua, ok?

Bom, agora falando sobre o contorno de definição, imagine o seguinte: quando aplicamos uma base sobre o rosto, principalmente quando ela tem cobertura alta, estamos anulando as nuances de claro e escuro naturais do rosto, substituindo por um único tom. O lado bom é que isso deixa a pele mais uniforme, o que é ótimo, mas a desvantagem é que o rosto fica chapado. Usar o contorno de definição ajuda a revelar o que já existe de profundo no rosto, assim como o iluminador projeta os pontos naturalmente mais altos, formando uma ótima casadinha. O rosto, antes bidimensional por causa da base, volta a ter profundidade, relevo, volume. Não estamos mudando nada, só redefinindo o que já está lá.

IMG_6017

Maquiagem que fiz recentemente em Milena: diversas nuances mais claras e escuras na pele que, juntas, fazem todo sentido e dão mais vida ao rosto

Resumindo isso tudo: não é a toa que o contorno nunca mais saiu de moda desde aquelas fotos de Kim. Eu, particularmente, acho que ele veio pra ficar… Então, aproveite que hoje existe alternativas para agradar desde as mais discretas até as mais dramáticas e faça como eu: invista no contorno até achar o SEU jeito de fazer. E se precisar de um empurrãozinho com isso, não esqueça que minhas aulas de automaquiagem estão aí pra te ajudar! Beijo!

Casamento na Preguiça

Esse é um dos trabalhos mais queridos que fiz até hoje! E não digo isso pelo resultado belíssimo nas fotos que vocês conferem abaixo, mas porque tudo envolveu muito carinho, desde a ideia até a equipe envolvida.

Queríamos um ensaio de noiva fora do lugar comum. Que falasse da luta do feminino, da mulher que se casa sem que nenhum homem “a entregue” a outro. Um ensaio que desse lugar não apenas a essa, mas a outras vozes tantas vezes emudecidas: aos moradores da Ladeira da Preguiça, que só viram pauta quando encurralados pela especulação imobiliária, vítimas de preconceito e da falta de apoio dos governantes (mas que generosamente nos receberam de braços abertos).

A locação urbana, enriquecida com a arte do graffite de Sista Katia, o dia ensolarado. A noiva negra, de cabelo solto, sem véu nem buquê, mas com glitter na boca. O vestido rendado, a orquídea de crochê, a saia transparente, os pés descalços. Que lindeza! Que força!

Espero que gostem!  Minha gratidão a toda a equipe:

Modelo: Vanessa Ventura do Belícia, que fez um texto belíssimo sobre toda a experiência aqui.

Fotografia: Fabíola Freire e Wendel Wagner da Caixa de Fósforo

Locação: Ladeira da Preguiça (com apoio do Centro Cultural Que Ladeira é Essa? liderado por Gabriel Silva, Marcelo Teles e Crislene Oliveira)

CF-20161009-0021CF-20161009-0096CF-20161009-0062CF-20161009-0270CF-20161009-0223CF-20161009-0229CF-20161009-0289CF-20161009-0367CF-20161009-0328CF-20161009-0448CF-20161009-0389CF-20161009-0406CF-20161009-0484CF-20161009-0499CF-20161009-0518

 

Maquiando Maquiadores: Manuela Bramont

O projeto Maquiando Maquiadores traz em sua segunda edição a querida e linda Manuela Bramont!

Conheci Manu através de Giovana Leddomado. As duas foram alunas do Liceu de Maquiagem e viraram amigas depois que Gio se mudou para cá. Trocamos algumas mensagens pelo whatsapp e em seguida fizemos um trabalho juntas, quando pude conhecê-la pessoalmente. Assim que a vi, percebi duas coisas: primeiramente, que menina linda – isso vocês vão perceber logo nas fotos! E em segundo, mas não menos importante, que amor de pessoa! Desde a voz até a forma com que ela se relaciona com as pessoas, Manu é doçura pura!

No mesmo dia eu vi 3 clientes maquiadas por Manu e me apaixonei pelo trabalho dela! Técnica linda, make embelezadora, super bom gosto! Tô chegando à conclusão que sempre adoro o trabalho das ex-alunas do Liceu, rsrsrs!

No dia do nosso encontro para fazer essas fotos, Manu chegou com sua mega mala recheadinha de produtos e foi logo compartilhando os que mais gostava, me dando várias dicas e fazendo valer a frase que ela me disse e que eu não vou esquecer: “quanto mais a gente doa, mais inteiro a gente fica”. E assim é Manu: uma pessoa que quer somar, multiplicar! Sintonia total com o projeto Maquiando Maquiadores!

Como estamos na época do Carnaval, quis fazer uma make mais alegre em Manu, mas nada muito fantasioso. Escolhi dois tons complementares para dar vida ao look (azul nos olhos e laranja na boca) e o resto construí a partir dali. Ficou lindo, não foi? Alegre e simples, como o carnaval tem que ser!

FICHA TÉCNICA

Nome: Manuela Espínola Bramont

Insta: @manubmakeup

Face: MB Makeup

Celular: (71) 99223-0043

Atuação: maquiagem social e para publicidade

Tempo de atuação: 2 anos

Como tudo começou: Manu estudava para concurso público e sentia falta de uma atividade remunerada em paralelo. Começou produzindo amigas e parentes, quando percebeu que realmente amava maquiar e decidiu focar na área. Fez o curso profissionalizante do Liceu de Maquiagem em São Paulo, que lhe rendeu ótimos frutos de aprendizado e amizades.

Sobre maquiagem: “Costumo falar para as minhas clientes que não sejam reféns da maquiagem. Meu conselho é que se cuidem e que possam ser elas mesmas, assim a maquiagem vem como um complemento para ressaltar o que elas têm de mais bonito. Meu trabalho é pautado na naturalidade”

img_1529-copia

img_1547-copia

img_1523-copia

img_1513-copia

img_1575-copia

img_1527-copia

img_1507-copia

img_1524-copia

 

 

 

Gio Leddomado por Fabíola Freire

Mais fotos incríveis para compartilhar com vocês!

Fabíola Freire, fotógrafa hiper talentosa e querida, clicou esse ensaio com a linda Gio Leddomado, com maquiagem assinada por mim.

Gio é a mais nova top maquiadora de Salvador que se mudou de São Paulo pra cá há menos de um ano (quer saber mais dessa história? então confere a matéria que eu fiz pro Beauty Editor contando tudo!) e já virou minha modelo por um dia, rsrsrs!

Eu amei o resultado, espero que vocês gostem também!

ff-20170109-0061ff-20170109-0110ff-20170109-0102ff-20170109-0045ff-20170109-0063ff-20170109-0072ff-20170109-0126ff-20170109-0023-editarff-20170109-0075ff-20170109-0099ff-20170109-0122-editarff-20170109-0090

Maquiando Maquiadores: Nathalie Pinheiro

O ano de 2017 começou com o pé direito: o projeto MAQUIando MAQUIadores recebeu hoje a sua primeira convidada, a talentosíssima e querida Nathalie Pinheiro!

Natha é uma beauty artist cujo trabalho eu adoro. Para o rosto dela, que é o sonho de qualquer maquiador (o que são esses olhos e essa pele, Brasil?), eu pensei numa maquiagem de efeito porém super usável. A estrela maior foram os olhos que receberam um ponto de luz com pigmento laranja/rosado e 2 cílios postiços em cada olho! Que tal? Além disso, pele com contorno e iluminação feita em camadas e batom líquido mate para arrematar.

Natha e eu já trocávamos elogios pelo insta (eu adoro o trabalho dela e ela o meu) até que nos conhecemos no curso de Helder Marucci. Na hora “clicamos”, nos sentamos juntas e trocamos várias ideias sobre make. Só não dê um pincel muito delicado pra ela limpar que a mulher não tem dó não, viu? Kkkkkkk

Natha é olho de tandera, é impressionante como ela capta as coisas no ar e enxerga direitinho o caminho que vai trilhar pra chegar onde quer. Percebi muito isso escutando a história de como ela começou a maquiar, o que me inspirou muito. Natha também é energia pura, já chega chegando com um sorriso e uma voz DESTE TAMANHO! É sincera pra caramba e muito do bem. Não é à toa que em poucos anos ela conseguiu se estabelecer muito bem no mercado de Salvador.

Em fevereiro ela se muda daqui… Mas sabemos que a estrela dela brilha em qualquer lugar! Alô alô mulherada de Santos, tá chegando aí uma top Beauty Artist pra vocês!!

img_1451-copia

img_1465-copia

img_1489-copia

img_1468-copia

img_1499-copia

img_1472-copia

img_1484-copia

img_1464-copia

 

img_9651

Hoje eu apresento a vocês o meu projeto MAQUIando MAQUIAdores, em que eu terei a honra de embelezar alguns colegas de profissão num encontro muito gostoso de trocas e descobertas.

Uma vez por mês eu irei receber um colega Beauty Artist que será maquiado e fotografado por mim (quero ver como eles vão se sentir do outro lado dos pincéis) num mini ensaio de beleza.

Para mim, será a chance de conhecer melhor pessoas cujo trabalho já acompanho e admiro, experimentar maquiagens de uma forma mais livre e autoral e trocar vivências com quem está na minha realidade de trabalho.

Para vocês leitores, será a chance de conhecer melhor outros maquiadores e um pouco da relação que tenho com cada um deles. Também vocês verão maquiagens diferentes das que costumo fazer e que podem servir de inspiração para produções futuras (já agendou a sua? Não? Então me aciona no WhatsApp 98825-2367 que a gente agenda agora!).

E para os meus colegas maquiadores, será uma experiência de troca de papéis, em que eles se sentirão “clientes por um dia”, kkkkkkk! Iremos trocar muitas experiências e de bônus eles terão boas fotos para os seus perfis nas redes sociais. Algumas fotos divulgarei no meu insta, mas o ensaio completo postarei aqui. Aguardem que já já eu postarei a primeira edição! Beijos! #maquiandomaquiadores

Workshop com Proença

Estou meio monotemática, né? Hehehe, me perdoem, mas mesmo falando de um outro workshop no último post, quero muito registrar esse aqui!

Na semana passada, pude participar de um Workshop oferecido pelo Shopping da Bahia com Marcos Proença, top cabeleireiro e maquiador (pouca gente sabe disso!) que é um ídolo meu há bastante tempo!

Confirmando todas as qualidades que eu imaginava ele ter, Prô foi super simpático, trouxe informações super interessantes e ainda fez duas demonstrações ao vivo: um corte e um penteado descontraído com bayliss, que é marca registrada do seu salão (desculpa não ter tirado fotos!).

foto 1

É óbvio que eu aproveitei para trocar várias idéias e aprender ainda mais sobre cabelo! Ele e Evelyn, sua assistente, são muito fofos! Adorei as dicas, principalmente as sobre babyliss, que minhas clientes tanto amam! Já sei como deixar aquele efeito de ondas naturais ainda mais bonito!

Eu já fiz curso online com Proença pelo site da Eduk, aliás, muito bom, eu recomendo! Por coincidência, era Evelyn a assistente do curso também! Vasculhei todos os produtinhos e apetrechos que ela trouxe, ahahaha!

foto 2

Mas mais do que isso, foi um bate-papo super gostoso, demos muitas risadas e a mulherada se esbaldou! Pra mim foi mais um sonho realizado: poder conhecer pessoalmente uma pessoa tão linda e um profissional tão competente, cujo trabalho é referência para mim!

Pronto, agora juro que o próximo post não vai ser sobre workshop, tá? rsrsrsrs…