Sobre o meu dia de noiva

É muito comum eu comentar aqui sobre noivas: a prova da maquiagem, o atendimento personalizado, as maquiagens que servem de inspiração… Tudo sob a perspectiva do profissional maquiador, mas eu também já fui noiva!! Já estive do outro lado da história, e hoje eu vim aqui contar um pouco do que eu vivi no dia do meu casamento e passar algumas dicas para as que estão a caminho do grande dia.

Rony em ação arrumando o meu cabelo. Profissional de mão cheia que hoje cuida de toda a família, até corta o cabelo do meu filho, ahahaha!

Rony em ação arrumando o meu cabelo. Profissional de mão cheia que hoje cuida de toda a família, até corta o cabelo do meu filho, ahahaha!

Bom, eu e Bruno nos casamos pela manhã, e como naquele horário nenhum salão estaria aberto, eu marquei com 2 profissionais às 6 da manhã lá em casa: um iria arrumar os cabelos e outro faria as maquiagens, (seríamos eu, minha mãe, minha irmã e minha sobrinha). Chegamos a fazer a prova dos penteados com antecedência, até aí tudo certo, só que no grande dia o maquiador não veio!!! Sim, vocês leram certo, eis que num sábado de manhã, quando todos os salões ainda estavam fechados (ou seja, sem plano B), o maquiador não apareceu!

Eu maquiando Nany, que também era madrinha.

Eu maquiando Nany, que também era madrinha.

Chegamos a tentar falar com ele, mas hoje não lembro se o celular deu na caixa ou se ele não atendeu, fato é que eu não conseguimos nos falar. Quando estava saindo de casa ele me ligou dizendo que havia passado mal, pediu desculpas e tudo mais.

Graças ao bom Deus eu estava muito calma, e como já entendia bem do assunto, fiz a minha maquiagem, a da minha irmã, finalizei a da minha mãe e ainda passei um gloss + blush na minha sobrinha! Fiz a geral, ahahaha!

Eu fazendo os últimos detalhes da maquiagem da minha mãe. Que aventura!

Eu fazendo os últimos detalhes da maquiagem da minha mãe. Que aventura!

Uma coisa que eu usei e que deu super certo foi um batom de longa duração. Na época, a Mac era uma das poucas marcas que tinha esse tipo de produto, era o pro longwear lipcolour, e realmente segurou lindamente a festa toda! Recomendo para as noivinhas de plantão! Hoje, a Maybelline tem esse produto também com uma variedade até maior de tons e um preço mais amigo.

E outra coisa que eu achei bem interessante foi o fato de ter sido atendida em casa. Na época isso ainda não era moda, e eu só fiz porque não tinha jeito, mas achei muito melhor ser atendida no meu canto, sem agonia de salão cheio, o profissional todo dedicado a mim e às outras familiares sem ter que me descolar até ele, nem levar vestido e um monte de outras coisas para me arrumar lá, sabe? Acho que foi esse ambiente tranquilo que me ajudou a administrar tão bem a falta do maquiador. É um clima muito gostoso e intimista, eu recomendo a todas as noivas!

foto básica olhando pra baixo para vocês verem os detalhes da make.

foto básica olhando pra baixo para vocês verem os detalhes da make.

No fim deu tudo certo, fiquei super satisfeita com o resultado da maquiagem e ainda fiquei com essa história meio cômica, meio trágica pra contar! E hoje, toda vez que conto essa saga para as minhas clientes eu brinco dizendo que eu fui a primeira noiva que maquiei! Ahahaha!

Anúncios

Uma mãe de noiva especial

Hoje é dia internacional das mulheres (parabéns para nós!) e lembrei dessa mãe de noiva muito querida. A história que vou contar é bem simples, mas mostra um pouco de como essa sensibilidade feminina nos ajuda em nosso trabalho.
Rê, a mãe da noiva, começando as comemorações!

Rê, a mãe da noiva, começando as comemorações!

 Bom, ela virou pra mim e pediu uma maquiagem bem leve, “pouca coisa”. Disse que não tinha costume de usar muita maquiagem no dia a dia e a única coisa que ela fazia questão era que eu corrigisse um pouco da vermelhidão ao redor da boca e no queixo. Instruções simples como essa, por incrível que pareça, não dizem muita coisa para o maquiador, porque por mais simples que a maquiagem seja, ainda usaremos os mesmos produtos de uma maquiagem mais “complexa”, só que numa variedade menor, em cores mais neutras, aplicação mais suave… Além do mais, o que pra mim é pouca coisa pra você pode ser muito; a percepção que cada um tem da maquiagem é muito subjetiva e pessoal… Fica para o maquiador interpretar o que é “maquiagem leve” para aquela cliente e traduzir isso em produtos, cores e técnicas de aplicação. Tarefa nada fácil!
Aí é que vem a tal da sensibilidade! Eu vou chamar de sensibilidade feminina apenas porque sou mulher, mas na verdade é uma sensibilidade comum a todos os maquiadores mais atenciosos e certamente uma das nossas ferramentas de trabalho mais preciosas!
Mãe e filha brindando!

Mãe e filha brindando!

Meu pai diz que mais importante que saber a resposta é saber perguntar, e eu concordo. Se a cliente usa pouca maquiagem, não faça perguntas muito diretas. Ela não vai saber responder e vai ficar insegura em relação ao resultado do seu trabalho. Sonde tons que ela não gosta, a parte do rosto que ela gostaria de realçar mais, se alguma coisa a desagradou na última maquiagem que ela fez com um profissional… Enquanto isso vá “lendo” a forma com que ela fala e age, como se veste, idade, tipo de pele, tom de cabelo, formato de rosto… Tudo isso nos ajuda a imaginar o resultado final que teremos com a make.
1932304_10152085388492949_1674432083_n
Essa foto é um flagra do momento em que ela me agradeceu dizendo que aquela era a maquiagem mais linda que já tinham feito nela até então! Ganhei o dia (a semana!) com esse elogio e atribuí essa minha conquista à minha sensibilidade muito mais que à minha capacidade técnica! Eu poderia ter feito a minha maquiagem leve favorita, no capricho, e não teria escutado o mesmo elogio. Coisa boa é quando a gente tem a delicadeza de ir até a cliente e se abre para o que ela nos oferece!
Resultado final da maquiagem!

Resultado final da maquiagem!

Olha só agora com o cabelo solto! Muito linda!

Olha só agora com o cabelo solto! Muito linda!

Um obrigada especial a todas as mulheres que me ensinaram tanto ao longo desses anos cedendo gentilmente seus rostos e confiando no meu trabalho! E um obrigada especial a Lu e Rê Rieper pelo carinho e pelas fotos tão lindas! Um ótimo dia internacional das mulheres para todas nós!

Maybelline no Bela Vista!

Abriram na sexta-feira passada os dois primeiros quiosques da Maybelline aqui em Salvador, um no Shopping Bela Vista e outro no Shopping Paralela e hoje eu fui conferir um deles de pertinho!

Maybelline Salvador Bela Vista 1

Nessa foto, ainda de “longinho”, rsrsrsrsrs! O quiosque do Bela Vista fica no primeiro piso, no centro do shopping, pertinho do elevador.

Estava super empolgada em finalmente poder experimentar os produtos da marca antes de comprá-los! Quem me acompanha no Instagram (@luisasuassuna, me segue!) viu a minha indignação quando vi que as Americanas tinham trancado os produtos da marca dentro de um armário de vidro, quer dizer, não só não tínhamos mostruário, mas agora nem podíamos pegar no produto lacrado! Agora com a chegada do quiosque muita gente vai ter que repensar a forma com que vende Maybelline. Concorrência saudável e quem sai ganhando é o cliente, adoro!

E fui testando, fui testando… E só de batom deu nisso:

Maybelline Salvador Bela Vista 2

Quase todas as cores do Super Stay 24h e do Hydra Extreme Matte numa única mão! Ui! Isso porque passei alguns tons de base no pulso, rsrsrsrs!

A vendedora foi super simpática e solícita, não pegava o produto pra passar em mim (odeeeeeeio quando fazem isso! EU quero pegar o produto, dá licença!), não empurrou nada… Gostei!

O quiosque é dividido em 3 partes: BOCA…

Maybelline Salvador Bela Vista 3

Que por sinal estava muito bem sortida, sabe quando tem uns buraquinhos vazios no display e você logo pensa que o dono está pirangando pra não abrir produtos pro provador? Isso é um crime, dá uma péssima impressão! Mas olha aí na foto tudo bem cheinho e variado! Não tirei a prova dos nove, mas acho que todas as cores dos produtos estão aí pra serem provadas à vontade!

…PELE…

Maybelline Salvador Bela Vista 4

Essa necessaire fofa vem de brinde para quem comprar mais de R$49,00 em produtos. Nessa parte eu vi que algumas cores do pó Super Natural estavam repetidas e que o BB Cream, produto chave da marca nesse momento, só tinha na cor clara. Uma pena, mas reparem que eles tiveram o cuidado de preencher todos os buraquinhos, nada de deixar o display com cara de abandonado!

…e por fim OLHOS…

Maybelline Salvador Bela Vista 5

Tinha todas as máscaras e delineadores em todas as cores e tipos (em lápis, retrátil e líquido). Só faltou mesmo uma variedade maior de duos (só tinha o lilás) e quartetos de sombras.

Tudo com o preço bem visível (aliás, sempre um tiquinho mais barato do que nas outras lojas), descrições curtas, fotos bacanas… Muito bem bolado! Ainda tem um espelhão com demaquilante, cotonetes, 2 pincéis para olhos e lencinhos para a gente fazer a festa!

Maybelline Salvador Bela Vista 6

Maybelline Salvador Bela Vista 7

Dá pra ver que o foco agora é no BB cream mesmo, né? Os outros tons têm que chegar logo!

Dei uma olhada no site brasileiro da marca e além das coisas que já comentei, vi que eles ainda não têm no quiosque aquela linha nova para controle de brilho:

Maybelline Salvador Bela Vista 9

E cá pra nós, sendo em Salvador, eles TÊM QUE vender essa linha! Qual o primeiro motivo para as mulheres daqui não usarem base/pó/corretivo? O brilho, a oleosidade que têm tudo a ver com o nosso clima! E não havia espaço previsto para eles no display, achei estranho porque eu já vi (e comprei!) produtos dessa linha em vários lugares da cidade! Bom, fica aqui a dica para incluir esse produto!

Ah, e o que foi que eu comprei mesmo?

Maybelline Salvador Bela Vista 8

Batom Super Stay 24h na cor 020, um vermelho dia-a-dia curinga e um Hydra Extreme Matte na cor 808, um vermelho tomate/alarenjado lindo!

Maybelline Salvador Bela Vista 10

Adorei as minhas comprinhas! Usei os dois juntos e deu nisso:

Maybelline Salvador Bela Vista 11

 

Cannes: exemplos de bronzer

Já passou faz tempo, mas quando vi essas fotinhas que eu vou mostrar agora, na mesma hora veio a idéia do post, porque o assunto de bronzer está rendendo!

Basicamente é um exemplo de quem fez certo x quem fez errado.

Natasha Poly arrasou nesses 2 makes:

Cannes 2012 Natasha Poly

Cannes 2012 Natasha Poly 4

Repara que na primeira foto a pele está bem clarinha e na segunda bem bronzeada, mas sem dar bandeira de como ela conseguiu o efeito. A gente sabe que foi maquiagem porque em um dia ou dois ninguém consegue um bronzeado desses. Quer dizer, em pouco tempo uma pessoa branquinha como ela consegue ficar até vermelhinha, mas moreninha assim só com o método “devagar e sempre”, protegendo bem a pele e tostando um pouquinho todo dia e ela não teria tempo de fazer isso durante um festival como o de Cannes, que dura apenas alguns dias. E sabemos que não foi bronzeamento artificial porque ela tirou fotos depois dessa com a pele branquinha de novo.

E cá pra nós, cada vez mais as pessoas estão evitando queimar a pele do rosto por mil motivos de saúde, inclusive para retardar o processo de envelhecimento, o que é muuuuuito importante. Então, nessas horas é preciso saber aplicar bem o bronzer, porque se você estiver com a pele do corpo mais queimada e o rosto branquinho, você usa o produto pra dar uma igualada e ganhar o efeito sem pagar o preço. Fora que você pode usar sem ter tomado sol no corpo, como foi o caso da Natasha, só pra dar uma mudada no visual. O que me leva a citar o exemplo negativo da coisa…

Naomi Watts. Na primeira foto, ao natural, bem branquinha.

Na segunda foto, bronzeada, rosto lindo, mas compara com a cor do ombro…

Pois é, esqueceram de passar o bronzer também no pescoço, no colo e nos ombros. E se a idéia de passar maquiagem no resto do corpo parecesse maluca, ela deveria ter mudado a roupa, cobrindo mais a pele, como a própria Natasha Poly fez, toda espertinha.

O bronzer pode ser um trucão, mas tem que prestar atenção a detalhes como esse pra não pagar mico!