Maquiagem de mãe

Tem umas coisas engraçadas… Não sei nem dizer pra vocês quantos itens eu tenho no meu kit de maquiagem, tenho de várias marcas, muitas vezes vários produtos com a mesma finalidade, uns tantos que eu não gostei mas ainda guardo… Pois mesmo assim, TO-DA vez que vou maquiar alguém eu passo no armário da minha mãe e pego algumas coisinhas emprestadas! rsrsrsrsrs…

Não tem uma justificativa lógica. Se eu não os levasse, certamente não passaria por nenhum aperto, muitas vezes eu nem chego a usá-los, mas são produtos muito bons, não só pela fórmula bacana (duram na pele, não borram, etc), mas também pelas cores que são bem versáteis! E é sempre bom ter esse tipo de produto no nosso kit, né? Eu tenho os meus, mas os da minha mãe serão sempre os da minha mãe (tadinha dela!).

maquiagem da minha mãe

Aí estão eles: Lash Power Mascara da Clinique, Halo Hydrating Bronzer da Smashbox, Pot Rouge for Lips and Cheeks da Bobbi Brown na cor Pink Truffle e base Teint Miracle da Lancôme na cor 02.

Lembrei do meu irmão que confessou que, quando era pequeno, sentia sede toda vez que via minha mãe bebendo um copo d’água, rsrsrsrs. Eu até hoje acho o travesseiro da minha mãe o mais gostoso e cheiroso do mundo! Por que as coisas da nossa mãe são sempre melhores?

Bom, aí vocês me perguntam: e o que esses produtos têm de tão especial? Opa, então vamos a eles!!!

A máscara da Clinique tem uma escovinha bem fininha, perfeita para passar nos cílios inferiores sem correr o risco de encostar na pele. É natural borrar, todo maquiador profissional borra de vez em quando, mas dá uma trabalheira deixar tudo perfeito depois, perde tempo… Melhor evitar. E uma coisa que eu amo nessa máscara é que ela não derrete, mesmo sem ser à prova d’água. Ela seca fazendo uma cápsula ao redor do fio que não sái do lugar. Quando você vai remover, ela esfarela, mas não derrete, sabe como é? Carne de pescoço a danada, muito boa! Eu não uso nos cílios superiores porque ela não dá mega volume nem comprimento, então passo só nos cílios inferiores que o efeito fica na medida.

O bronzer da Smashbox me conquistou pelo tom. É aquela cor perfeita que casa com muitos tons de pele, não tem brilho, não é muito alaranjado e pode ser usado tanto pra fazer contorno quanto como blush. Curingão! Agora é ultra pigmentado e é pó solto, então tem que ter o maior cuidado pra não vir muito no pincel!

maquiagem de mãe 2

Olha aí os produtinhos abertos para vocês visualizarem melhor.

O potinho da Bobbi Brown é o tipo do produto salva-vidas. Coloca ele na bolsa com um rímel e um corretivo e você não precisa de mais nada. Ele é tipo uma pasta, mas longe de ser melequenta, que você pode usar tanto como blush (o efeito é perfeito, parece que é a cor da sua pele natural, coisa que o pó não dá) como batom (aí o efeito é mais sequinho e de novo: parece que você não está usando nada, que é a cor natural dos seus lábios). Nas clientes eu uso muito como blush, e depois venho com um tiquinho de blush em pó por cima, isso ajuda demais na fixação. Ninguém lembra de dar atenção à duração do blush, mas em qualquer evento (formatura, casamento, etc) a cliente chega e depois de passar 15 minutos cumprimentando as pessoas com 2 beijinhos na bochecha o produto já foi todinho embora! Fixa esse blush, gata!

Essa base da Lancôme é super elogiada e depois que a Kate Middleton usou no seu casamento todo mundo enlouqueceu com ela! É verdade que hoje temos outras bases hit por aí, mas a Teint Miracle continua maravilhosa! Não sei nem explicar, a não ser dizer que ela é perfeita! Pense numa qualidade e eu vou dizer que ela tem! Duração? Horas! Leve? Parece que você não está usando nada! Cobertura? Você vai passar um mínimo de corretivo! E por aí vai…

maquiagem da minha mãe 3

E por fim os produtos na pele. A máscara eu não apliquei na minha mão que não iria fazer o menor sentido. A base é bem clarinha e adoro fazer efeito iluminado com ela, às vezes ela serve até de corretivo. A pastinha da Bobbi Brown é hiper pigmentada, tem que ter cuidado e ir construindo o efeito aos poucos. Esse tom vai bem em todo mundo, depende da intensidade com que você aplica (quanto mais escura a pele, mais camadas vai precisar). O bronzer dá pra ver que “conversa” super bem com o meu tom de pele.

Amo as maquiagens da minha mãe e poderia falar aqui sobre outros tantos produtos que ela têm, mas esses são os que eu mais uso! É muito gostoso, e até mesmo enriquecedor para um maquiador profissional, fuçar kits de outras pessoas para entrar em contato com produtos que normalmente não compraríamos porque todo mundo tem uma zona de conforto, né? Recomendo demais esse exercício, porque além de ampliar nossas referências, é uma delícia!!

 

SPFW Dia 5

Beleza Uma Raquel Davidowicz spfw 2013 2014 1E vamos para o último dia, começando pela Uma. Olha aí o tal canto interno super maquiado! Assisti ontem um vídeo do Helder Marucci e ele chamou esse canto de “côncavo invertido”.

– É isso mesmo, produção?

Rsrsrsrsrs! Vamos chamar assim então, tá?

Amei esse tom de azul meio acinzentado! É bem capaz de ser da Natura Una, já que foi o Marcos Costa que assinou a make. Normalmente apostamos ou bem num azul escuro para a noite ou um bem num clarinho para o dia, mas essa proposta meio termo tá muito linda e diferente do que costumamos ver por aí. Não precisa usar desse jeito não, tá gata? Calma, ninguem está aqui pra copiar a passarela! Mas se inspire, veja como fica bonito com uma boquinha rosa… E não esquece de botar uma máscara e um blush pelamorrr, tá?

Beleza Têca spfw 2013 2014 1A Têca trouxe um pouco de contoro sem brilho, neutro (e não alaranjado) e bem esfumado, aliás, três pontos fundamentais para se fazer um bom contorno, que é diferente da proposta de um efeito bronzeado. Cuidado com essa pegadinha, hein gente? Não vai confundir os dois!

O cantinho interno dos olhos é iluminado, outra coisa que vimos bastante, e uma boca beeeem seca, feita com pigmentos de mais de uma cor (repare uns toques de pink aqui e ali). Essa iluminada no canto interno é super truque pra acender o olhar. Cuidado pra não pegar uma área grande, é uma coisa que você aplica pouco produto num cantinho pequeno e depois esfuma pra fora. Ah, e usa corretivo pra não ficar estranho!

Beleza R. Rosner spfw 2013 2014 5Já pensou em usar material escolar do seu filho na make? Não? Muito menos aquela cola Cascolar, né? Aí você pergunta: – Tá louca? Não, amiga, é ela mesma! Colinha Tenaz, Scotch…

Brincadeiras à parte, a maquiagem da R. Rosner veio assim, meio pálida e sem cor. Para encobrir as sobrancelhas, a Fabi Gomes teve que usar uma cola cirúrgica para deixar a superfície plana e imóvel para depois vir com o corretivo e a base apropriados.

Olha o côncavo invertido aí de novo? Chic o nome, hein? Tô gostando desse negócio!

Ameei esse tom de sombra (usaram a sushi flower e a haux, ambas da MAC). Essa boca seca colorida só no meio e com iluminador no arco do cupido ficou uma graça. Nessa foto não dá pra ver, mas tacaram quilos de silver dusk (iluminador em pó solto da MAC) no rosto. O pó de fada, como chama a Vic Ceridono.

Beleza Lino Villaventura spfw 2013 2014 1A Maquiagem do Lino Villaventura não apareceu muito porque as modelos usaram um tipo uma máscara aparentemente feita de papel, deixando só o miolo do rosto à mostra.

“Miolo do rosto”, gostaram? Será que pega como termo técnico? Pffff…

Cincidência ou não, esse look é muuuito parecido com o da Uma, também do Marcos Costa. Lembra não? Sobe com o cursor, fia!

O tom alaranjado da sombra (que está onde? Onde? No côncavo invertido! Riqueza de nome!) desceu um pouco mais em direção à ponta do nariz e é muito parecido com o tom do bronzer, meio tijolo. Boquinha rosa dessa vez com as bordas bem apagadinhas.

E pronto! Acabou o SPFW! Que venha o Rio!!!

Quero só deixar umas imagens da sobrancelha da R. Rosner como humilde homenagem a esses maquiadores fantásticos que quebram a cabeça pra surgir com uma imagem que traduza o mesmo espírito da coleção, testam mil produtos, maquiam centas meninas, treinam a equipe… Os caras são muito feras! Encerrou a semana de moda e aqui uma salva de palmas para eles! Clap! Clap! Clap! Clap! Que por favor continuem nos inspirando com esse trabalho tão bonito!

A modelo pensando "Como-é-que-eu-tiro-isso-depois? Lasquei-me!"

A modelo pensando “Como-é-que-eu-tiro-isso-depois? Lasquei-me!”

Taca corretivo, fia! Taca que senão não esconde!

Taca corretivo, fia! Taca que senão não esconde!

Achou pouco? Pois agora esfume! E muito, viu? Pra ninguém ver a marca!

Achou pouco? Pois agora esfume! E muito, viu? Pra ninguém ver a marca!

Truque para misturar produtinhos

Quando eu vou no Le Biscuit costumo dar uma passadinha na seção de pintura pra dar uma conferida nos pincéis. Alguns deles podem ser facilmente utilizados na maquiagem e são muito mais baratos que os específicos para essa finalidade! Numa dessas idas comprei uma pequena espátula de misturar tintas e faço o mesmo uso com meus produtinhos.

Sabe aquela história de misturar bases no verso da mão com um pincel e tal? Pois é, gosto não. Eu fico toda melada e a mancha não sai só com água e sabão. A não ser que você tope deixar sua toalha de rosto igualmente colorida, você vai ter que usar demaquilante antes desmo de sair maquiada.

Então o kit que eu fiz foi esse: uma tampinha de acrílico que reaproveitei de uma lembrancinha de aniversário e a espátula.

Agora vamos aos usos que eu dou à espátula. Bom, todos eles envolvem aplicação de base. Eu gosto muito de espalhar o produto em alguma superfície antes, como se fosse abrir uma massa de pizza, porque assim quando você encosta o pincel na base, ele fica todo melecado por igual e quando você passa no rosto, já está cobrindo uma área grande. Se você aplicar uma gotinha de base diretamente no rosto, ok, sem problemas, mas dá mais trabalho para espalhar, porque você está partindo de um ponto pequeno e concentrado, ao invés de um ponto maior e mais difuso. Então vamos lá:

Gente, tenho a maior dificuldade de usar fixador de maquiagem em spray. O produto nunca chega nas laterais do rosto, acabo borrifando mais vezes, tusso pra caramba, enfim, um horror!! E super preciso de um fixador porque, alô, estou na Bahia!!! Então a solução civilizada que achei para este problema foi misturar o fixador com a base. Dá muito certo!

Outro uso:

Eu estou fazendo isso direto, porque estou exatamente entre 2 tons de base!! Às vezes isso acontece, às vezes pode ser uma solução para dar uso àquela base que a gente comprou e não casou bem com o nosso tom de pele, então se misturar uma base clara demais com aquela que você usa quando está bronzeada, o tom dá certinho com a sua pele agora. Olha aí a dica!

Terceiro e último uso:

Esse aí foi outro truquinho que inventei porque sou muito ruim de usar base em pó solto. Então eu pego um pouquinho de primer (já tentei com meu hidratante e deu super errado, mas talvez com o seu dê certo) e misturo com o pó. Fica mara também.